Conheça o poder da metagenômica

Uma moderna e poderosa ferramenta na qualidade e segurança alimentar

O uso da microbiologia clássica em segurança alimentar e garantia de qualidade tem suas limitações, pois não permite uma compreensão precisa de todos os gêneros e espécies bacterianas presentes.

A Metagenômica é a aplicação de tecnologias genômicas e ferramentas de bioinformática para analisar o microbioma de matrizes complexas ao longo da cadeia de abastecimento alimentar, mas sem as limitações associadas ao isolamento e pré-cultivo de espécies individuais.

Os agentes patogênicos de origem alimentar continuam sendo um grande perigo em todo o mundo. A capacidade de prever o efeito intencional e não intencional de microrganismos nos alimentos pode tornar um produto mais confiável. Desta forma, podemos monitorar e prevenir eficazmente qualquer recall que prejudique a marca.

O uso e aplicação da Metagenômica na indústria de alimentos é muito diversa e vai desde a segurança e controle de qualidade até a otimização dos processos de fermentação e determinação da composição de suplementos (probióticos).

O manuseio de amostras, sequenciamento e análise de dados são fundamentais quando se trata de fornecer uma análise metagenômica precisa. Com mais de 20 anos de experiência na indústria, a FoodChain ID tem o conhecimento e a experiência não apenas para fornecer os dados, mas também para analisar suas amostras com base em seus objetivos específicos.

Aplicações da análise metagenômica

Deterioração dos alimentos

Investigação e resolução de incidentes

Gestão da qualidade e processamento de alimentos

Extensão do prazo de validade

Otimizar as condições de armazenamento

Controle de qualidade do microbioma

Vantagens da FoodChain ID
  1. Técnicas próprias de extração e exclusão de DNA
  2. Laboratório credenciado ISO 17025
  3. Tempo de resposta mais rápido do setor
  4. Resultados consistentemente precisos e confiáveis
Técnicas de Exclusão em Metagenômica

Muitos laboratórios realizam a exclusão de bactérias específicas durante as etapas bioinformáticas. Esta metodologia pode não refletir de forma confiável a proporção relativa de microrganismos.

Na FoodChain ID, a exclusão é realizada durante a etapa de amplificação.

 

Exclusion at the DNA level – Advantages
    • A exclusão de células não viáveis fornece uma imagem mais precisa das células viáveis restantes e o impacto funcional e potencial da microflora resultante.
    • Destaque na subpopulação microbiana que pode causar problemas no produto quando atingir às suas condições de crescimento na armazenagem
    • Altamente valioso ao estudar os microrganismos viáveis após o processamento ou uma etapa de eliminação (como aquecimento ou processamento de alta pressão)

Análise Metagenômica: Uma ferramenta poderosa na segurança alimentar moderna

Share This