Article
Product Certifications

Quais são as regras de rotulagem de alimentos na Europa?

A rotulagem de alimentos é obrigatória em todos os países. No entanto, os requisitos de rotulagem não são os mesmos em todos os países.

Na Europa, por exemplo, o regulamento relativo à prestação de informação aos consumidores, entrou em vigor em dezembro de 2014, mas a exigência de fornecer informações nutricionais só foi aplicada dois anos depois.

Os requisitos exigidos na rotulagem de alimentos visam dar transparência e garantia ao consumidor sobre aquilo que ele está ingerindo. Principalmente nos dias atuais, quando há uma preocupação crescente em relação à segurança de alimentos e também em relação à sustentabilidade e responsabilidade social. Assuntos que envolvem toda a cadeia de alimentos.

Entre as principais exigências estão legibilidade das informações, de alergênico (por exemplo, soja, nozes, glúten, lactose) na lista de ingredientes, origem obrigatória de carne fresca, ingredientes transgênicos acima de 0.1% por ingrediente.

Os mesmos requisitos de rotulagem para venda online, à distância ou compra em uma loja.

Outros requisitos são listar nanomateriais artificiais nos ingredientes, informação específica sobre a origem vegetal de óleos e gorduras refinados, e menção de ingredientes substitutos para alimentos ‘imitação’. Essas regras destinam-se a evitar práticas enganosas, fraude e adulteração de alimentos.

Quais são as regras de rotulagem de alimentos na Europa

Consumidor cada vez mais inseguro e desconfiado

Nas últimas décadas foram denunciadas várias práticas fraudulentas no setor de alimentos, como em 2008, na China, quando o leite e fórmula infantil adulterados com melamina resultaram em mais de 50 mil bebês doentes, ou ainda, mais recentemente, em 2013, a presença de carne de cavalo em produtos de carne bovina, sem indicação.

Casos de morte por ingestão de alergênicos também deixam todos os consumidores em situação de alerta. Notícia publicada no final do ano passado na BBC News, informou que a morte de dois adolescentes britânicos estava sendo investigada. Os dois tinham ingerido gergelim e amendoim. Em agosto, uma menina de seis anos também havia morrido como resultado de uma alergia a laticínios, no oeste da Austrália. De acordo com a reportagem, a alergia alimentar afeta agora cerca de 7% das crianças no Reino Unido e 9% das crianças na Austrália, por exemplo. Em toda a Europa, 2% dos adultos têm alergias alimentares. Estar envolvido em um escândalo como esses, por erro na rotulagem de um produto, pode marcar o fim de uma marca.

A própria Comissão Europeia reconhece o problema ao afirmar que “A comida da UE está mais segura do que nunca, mas a confiança do consumidor é baixa”.

Portanto, as indústrias precisam estar atentas ao cumprimento e às alterações nas regras de rotulagem de alimentos. E, mais do que tudo, que os seus produtos contenham rótulos não só adequados à legislação, mas com informações claras e transparentes. Que, no final das contas, transmita segurança ao consumidor.

Ao obterem a chancela de selos de certificação reconhecidos internacionalmente, as empresas demonstram a transparência e a credibilidade em todo o processo de sua cadeia alimentar.

Portanto, há formas de garantir que os produtos de sua empresa respeitam o consumidor e o seu direito à segurança de alimentos. A FoodChain ID trabalha em mais de 100 países, sendo experts em rastreabilidade de ingredientes para rações e alimentos. Oferecemos serviço de análises e verificação de risco na originação de ingredientes, e certificação em vários programas, para que você fique tranquilo e seguro sobre esse assunto.

Mantenha-se atualizado com nosso boletim informativo

Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Artigos interessantes

Article
Product Certifications

Certificação ProTerra: Garantia de Sustentabilidade e Responsabilidade Social

Article
Product Certifications

Principais produtos agrícolas exportados pelo Brasil: Protagonismo Global e Sustentabilidade

Article
Product Certifications

Entenda mais sobre os Benefícios da Certificação Não-OGM

Article
Product Certifications

Desvendando os Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e o Papel do Non-GMO Project Verified

Article
Product Certifications

Iniciativa Global de Segurança de Alimentos (GFSI)

Article
Product Certifications

FoodChain ID Brazil participa do comitê de imparcialidade do fambras halal